Com a proposta de oferecer maior conhecimento e capacitação para aqueles que já trabalham com arte na Vila de Ponta Negra, a ideia é fazer um trabalho voltado para os artesãos que atuam na área e mostrar a possibilidade de criarem arte por meio das técnicas de papel machê e papietagem, que são a base da minha arte e encontrar uma nova possibilidade de inclusão social no mercado de trabalho.

A artista plástica Ana Selma Galvão se prepara para a execução de dois novos projetos que serão lançados em 2016. Neste ano, ela se dedicou a proposta do “Ana Selma Arte e Ecológica nas Escolas” que precorreu 19 instituições do estado e atendeu 780 participantes. O primeiro é o projeto “Brasil: Nossas Origens África”, aprovado pela Lei de Incentivo a Cultura Djalma Maranhão, que tem como objetivo criar um intercâmbio entre a cultura

Translate »